ORIENTAÇÕES

Ureterorrenolitotripsia

Ureterorrenolitotripsia Flexível + Implante de Duplo J

 

Orientações pós operatórias: Ureterorrenolitotripsia + Duplo J

– A cirurgia consiste em 2 etapas: a primeira parte é a ureterorrenolitotripsia, onde será realizada a fragmentação da pedra, e a segunda e última etapa é a colocação do duplo J.

A dieta será liberada em poucas horas, quando o paciente já está recuperado da anestesia.

– Em alguns casos, há necessidade do uso de sonda vesical. A depender do procedimento, o paciente necessitará
mantê-la na alta hospitalar.

Colocação de Duplo J

– Lembre-se que na grande maioria das vezes é deixado um dreno interno chamado DUPLO J. Ele é o responsável por vários sintomas potenciais que o paciente apresenta, conforme descrito a seguir:

1- Ardência para realizar a micção.
2- Sangramento na urina.
3- Dor/desconforto lombar.
4- Incontinência urinária esporádica.
5- Sensação de bexiga cheia.

Estes sintomas variam de caso a caso, podendo permanecer até a retirada do catéter. Para assistir ao vídeo de colocação do Duplo J clique aqui!

Alta Hospitalar

– A alta hospitalar costuma ser no dia seguinte ou até no mesmo dia, a depender do horário que foi realizado o procedimento.

– Serão prescritas medicações para uso domiciliar, dentre elas antibiótico, analgésicos e anti-inflamatórios.

– Repouso relativo (evitar maiores esforços) nos primeiros 5 a 7 dias.

– Alimentação pode ser normal, sem contra-indicações para nenhum alimento específico. Recomenda-se beber bastante líquidos, principalmente água. Ela irá ajudar a clarear a urina e melhorar alguns sintomas eventuais.

– Retornar para revisão no período estabelecido (entre 7 a 15 dias).

– Lembre-se que está com o catéter DUPLO J e em algum momento irá retirá-lo. Normalmente retiramos após 1 semana da cirurgia, no próprio consultório. Procedimento simples que não provoca dor. Em alguns casos deixamos por períodos maiores, podendo ficar até 3 a 4 meses sem maiores problemas.

OBS:

– O sinal de complicação que temos de estar atentos é FEBRE. Ao menor sinal, procure o pronto socorro para avaliação e entre em contato com nossa equipe.

Blog

Publicações em urologia

Fimose: tudo que você precisa saber!

Fimose: tudo que você precisa saber!

Fimose é um problema muito comum que acomete homens de todas as idades. Apesar de ser mais referida como um problema da infância (congênita), essa doença pode aparecer já na idade adulta, sendo conhecida como...

7 motivos para procurar um urologista com urgência!

7 motivos para procurar um urologista com urgência!

7 motivos para procurar um urologista (clique no link ou na imagem para acesso ao vídeo) Apesar de estarmos vivendo uma situação difícil e delicada, algumas doenças e condições clínicas não podem esperar o fim da pandemia. A dor no testículo de forma aguda e a cólica...

Hidronefrose: quais os riscos para o organismo?

Hidronefrose: quais os riscos para o organismo?

A hidronefrose é uma condição secundária que pode ter consequências bastante sérias quando não tratada a tempo. Saiba que as dilatações nos rins podem ser potencialmente graves e a depender da causa, devem ser tratadas o quanto antes. Leia mais neste post. O que é...

× Marcar uma consulta!
Agende online Agende Via WhatsApp

Agende sua consulta Online ou via WhatsApp