PEQUENOS PROCEDIMENTOS

Cirurgia de Vasectomia: você também pode fazer

VASECTOMIA

Cirurgia de Vasectomia: você também pode fazer

 

VASECTOMIA ou cirurgia contraceptiva masculina é o procedimento realizado para fins de esterilização do homem. É um método extremamente eficaz para o seu propósito.

Consiste na interrupção da passagem do esperma e espermatozóides através dos canais deferentes (bilaterais). A cirurgia é feita através de incisão (ões) no escroto.

A realização da vasectomia pode ser feita por qualquer paciente? Todo homem pode realizá-la? A vasectomia é um procedimento contraceptivo considerado dentre os mais eficazes. Porém, para fazer a vasectomia é preciso seguir algumas regras estabelecidas nas leis brasileiras, as quais descreveremos abaixo.

Aspectos legais e éticos:

É imprescindível conhecer o artigo 10 da lei 9263/96 que trata dos termos relativos aos processos contraceptivos e planejamento familiar.

Segue abaixo:

I – em homens e mulheres com capacidade civil plena e maiores de vinte e cinco anos de idade ou, pelo menos, com dois filhos vivos, desde que observado o prazo mínimo de sessenta dias entre a manifestação da vontade e o ato cirúrgico, período no qual será propiciado à pessoa interessada acesso a serviço de regulação da fecundidade, incluindo aconselhamento por equipe multidisciplinar, visando desencorajar a esterilização precoce; 

II – risco à vida ou à saúde da mulher ou do futuro concepto, testemunhado em relatório escrito e assinado por dois médicos.

 A legislação federal estabelece, ainda, que, em vigência de sociedade conjugal, a esterilização depende do consentimento expresso de ambos os cônjuges. 

O que você precisa saber ANTES da cirurgia: 

 Preparo: jejum de 8h. Aparar os pêlos da região (não raspar)

 Local: apesar de poder ser realizada até no consultório, o nosso diferencial está no conforto do paciente. Desejamos uma experiência positiva em todas as cirurgias. Por este motivo, realizamos todas as nossas vasectomias com uma equipe completa, em ambiente hospitalar, com controle de infecção adequado. Chegar 2 a 3h antes do horário agendado, para internar.

 Internação: curta duração, variando de 6 a 12h, em média.

 Anestesia: local e sedativos (contamos sempre com um anestesiologista na equipe). 

O que você precisa saber APÓS a cirurgia:

 Curativo: retirar em 24h após o procedimento. Realizar cuidados diariamente conforme receita médica. LIMPAR ADEQUADAMENTE! Usar suspensório escrotal por 15 dias. 

 Alimentação: habitual do paciente. 

Afastamento: 3 a 5 dias. 

 Repouso: pequenos esforços podem ser realizados em 24 a 48h. Evitar maiores exercícios ou esforços no mínimo por 20 dias, ou até cicatrizar por completo. 

 Repouso sexual: 10 dias. Após este período, a atividade sexual com proteção e/ou masturbação devem ser estimuladas.

 ATENÇÃO: manter cuidados contraceptivos até segunda ORDEM!

Espermograma após: será realizado 2 a 3 meses para confirmação quanto à esterilidade.

Alguns pacientes desejam saber sobre as taxas de sucesso e a eventual possibilidade de reversão. O sucesso desta cirurgia é extremamente elevado, com taxas de recanalização na faixa de 1 para cada 2000 procedimentos.

Já a reversão é o procedimento que consiste na recanalização cirúrgica, com a finalidade de voltar a ter novamente chances de realizar a concepção. Suas taxas de sucesso variam, principalmente com o tempo desde a realização da vasectomia.

 

 

Blog

Publicações em urologia

Fimose: tudo que você precisa saber!

Fimose: tudo que você precisa saber!

Fimose é um problema muito comum que acomete homens de todas as idades. Apesar de ser mais referida como um problema da infância (congênita), essa doença pode aparecer já na idade adulta, sendo conhecida como...

7 motivos para procurar um urologista com urgência!

7 motivos para procurar um urologista com urgência!

7 motivos para procurar um urologista (clique no link ou na imagem para acesso ao vídeo) Apesar de estarmos vivendo uma situação difícil e delicada, algumas doenças e condições clínicas não podem esperar o fim da pandemia. A dor no testículo de forma aguda e a cólica...

Hidronefrose: quais os riscos para o organismo?

Hidronefrose: quais os riscos para o organismo?

A hidronefrose é uma condição secundária que pode ter consequências bastante sérias quando não tratada a tempo. Saiba que as dilatações nos rins podem ser potencialmente graves e a depender da causa, devem ser tratadas o quanto antes. Leia mais neste post. O que é...

× Marcar uma consulta!
Agende online Agende Via WhatsApp

Agende sua consulta Online ou via WhatsApp