Como diagnosticar o câncer de próstata? Quais são os exames que devem ser feitos? Como tratar? O que vem depois? Apresento aqui uma lista simples de passos para você entender o que é importante sobre essa doença.

1- Screening / Check-up anual

É recomendado a todo homem a partir dos 40 a 50 anos iniciar o acompanhamento com um urologista. O câncer de próstata não apresenta sintomas! Por isso mesmo consulte o seu médico MESMO se ASSINTOMÁTICO. Consiste em basicamente a realização do exame clínico (inclui o toque retal) e a dosagem sanguínea do PSA.

PSA alterado e/ou exame do toque alterado? Próximo passo é ter certeza do que se trata.

2- Biópsia da próstata

A biópsia atualmente ainda é o exame padrão-ouro para a confirmação do motivo da alteração do PSA ou do toque. Ela é capaz de identificar o câncer, bem como outras afecções (crescimento benigno e inflamações). A biópsia confirmou o câncer de próstata? Ok, então está na hora de classificar a doença – o chamado estadiamento.

3- Estadiamento e classificação do câncer

Baseado no exame clínico, no PSA e no resultado da biópsia, determinamos em que situação a doença se encontra. Saberemos aqui se estamos diante de uma doença relativamente indolente ou agressiva. Esse passo pode incluir alguns exames como cintilografia óssea, ressonância e tomografia. E então, a doença é localizada? Chegou o momento de discutir possibilidades terapêuticas.

4- Tratamento com intenção curativa

A principal forma de tratar o câncer de próstata é através da cirurgia, conhecida como prostatectomia radical. Ela pode ser feita pela via convencional ou minimamente invasiva, esta cada vez mais comum no nosso meio. Além disso, outros tratamentos podem ser propostos, como radioterapia, braquiterapia, HIFU…

Hoje existe até a possibilidade de acompanhar o câncer sem nenhuma intervenção invasiva! Chamada de Vigilância Ativa, essa opção é muito utilizada em pacientes jovens que têm uma doença de muito baixo risco de progressão. Uma vez realizado a escolha do tratamento, o paciente necessitará de acompanhamento. Como é feito então?

5- Seguimento pós tratamento

O acompanhamento é feito com consultas periódicas e dosagens de PSA. A intenção é manter os níveis desta proteína próximos a zero ou indetectáveis. Nos primeiros 2 anos devemos ter dosagens frequentes (3 a 6 meses) e daí em diante realiza-se o acompanhamento anualmente, pelo resto da vida. A quimioterapia é pouco utilizada no câncer de próstata. Normalmente lançamos mão em uma etapa bem avançada, o que é incomum nesta doença.

OBS:

A consulta médica não deve ser substituída por nenhuma informação escrita. Para agendamento, entre em contato:

Clínica Primazie

Rua Borges Lagoa, 1070, cj 115

(11) 4563-3475 / (11) 98908-9519 (WhatsApp)

× Marcar uma consulta!
Agende online Agende Via WhatsApp

Agende sua consulta Online ou via WhatsApp