Você saiu da consulta médica e acabou de receber um diagnóstico que sabemos, gera angústia e muitas dúvidas!

Sabemos que a melhor resposta a qualquer tratamento depende de inúmeros fatores e não só ao antigo pensamento do uso exclusivo de medicações, como se estivéssemos diante de uma porção mágica.

Através desta mensagem queremos que sinta-se confortado; entendemos seu anseio e somos solidários.

É importante que haja uma melhor compreensão dos próximos passos, e isto só é possível com medidas complementares, quais seguem:

1. Tenha apoio​. Uma das coisas que mais acalmam o ser humano e os diferenciam do restante é a possibilidade de compartilhar experiências, alegrias e angústias. Não esconda pra si! Conte com apoio de familiares e/ou amigos.

2. Tenha uma alimentação saudável. “Nós somos o que comemos”. Sabemos que
determinados alimentos possuem capacidade de melhorar o funcionamento do nosso
organismo, dentre eles vegetais, leguminosas, alguns óleos e azeites, bem como carnes
brancas. Vale a pena procurar uma nutricionista para melhorar definitivamente seus hábitos alimentares!

3. Pratique exercícios físicos. A liberação de hormônios relacionados à atividade física
promove uma sensação de bem estar e, além disso, reajustam respostas inadequadas do nosso organismo.

4. Evite o tabagismo já!​ O cigarro e seus componentes são um dos maiores responsáveis
(direta ou indiretamente) por uma infinidade de doenças e alterações no nosso organismo. É importante ter a consciência do quanto ele é prejudicial tanto para sua doença quanto para a resposta no tratamento.

5. Diminua/evite o consumo de bebidas alcoólicas.​ Assim como o tabaco, muitos órgãos são afetados pelo álcool. Além disso, em momentos de angústia as taxas de alcoolismo aumentam significativamente. É importante ter o controle sobre si e evitar o consumo deste tipo de bebida.

6. Exercite a paciência e auto-controle. Vivemos num mundo atual muito dinâmico e nos
tornamos ansiosos. Nesta hora, é importante tirar alguns momentos para si, respirar fundo,
refletir. Muitos procuram algumas terapias como psicólogo e/ou yoga. Vale a pena tentar!

7. Seja curioso e confiante.​ Tentar entender a doença é confortante. Pergunte! Confiar no seu médico é imprescindível para canalizar a melhor resposta no tratamento. Já é provado que o paciente otimista, que pensa positivo tem melhores resultados.

Esperamos que nossas dicas sirvam para ajudá-lo (a) a enfrentar esta nova situação em sua vida! E mais uma vez: conte conosco!

× Marcar uma consulta!
Agende online Agende Via WhatsApp

Agende sua consulta Online ou via WhatsApp